Luteranos em Contexto



ID: 2650

Martim Lutero - cronologia

1483 - Martim Lutero nasce no dia 10 de novembro na cidade de Eisleben – Alemanha. Segundo dos oito filhos de Hans Luther (Ludher)e Margareta Ziegler , família de origem camponesa e não muito afortunada. Foi batizado no dia seguinte e, segundo costume da época, recebe o nome do santo do dia: Martinho.



1484 - A família muda-se para Mansfeld onde seu pai trabalha junto às minas de cobre.



1488 - Lutero vai à escola em Mansfeld (Triviumschule).



1497 - Lutero freqüenta a escola de Magdeburg (escola “latina” dos Irmãos da Vida Comum).



1498 - Seu pai Hans envia o filho para Eisenach por ter nesta cidade numerosas relações. É recebido na casa da família Ursula Cotta. Para custear seus estudos fazia serenatas.



1501 - Lutero inicia seus estudos na Universidade de Erfurt. Estuda “Artes Livres”: gramática, retórica, filosofia, matemática, astronomia.



1505 - Recebe o título de Mestre em Artes. Inscreve-se na Faculdade de Direito a pedido do pai.

Uma tempestade no dia 2 de julho o leva a fazer a promessa de se tornar monge. Quinze dias depois ingressa no Convento dos Eremitas Agostinianos de Erfurt.



1507 - É ordenado sacerdote no dia 4 de abril e celebra a sua primeira missa no dia 2 de maio.



1508 - Leciona filosofia moral na Universidade de Wittenberg ao mesmo tempo em que prossegue seus estudos de teologia, tornando-se bacharel no ano seguinte.



1509 - Retorna a Erfurt e leciona dogmática no Estudo Geral da Ordem.



1510 - Viaja à Roma devido a assuntos da Ordem Agostiniana.



1511 - Retorna de Roma. Transferido definitivamente para Wittenberg, assume uma cátedra.



1512 - Obtém o título de Doutor em Teologia. Ocupa a cátedra da Escritura Sagrada e faz preleções exegéticas sobre livros bíblicos. Foi nomeado subprior do Convento de Wittenberg.



1513 - Curso sobre Salmos. Torna-se pregador no convento e na igreja de Wittenberg.



1515 - Curso sobre Romanos. É nomeado para “Vigário de Distrito” com jurisdição sobre onze casas da Ordem dos Agostinianos.



1516 - Curso sobre Gálatas.



1517 - Curso sobre Hebreus. No dia 31 de outubro torna conhecidas suas 95 Teses sobre o valor da indulgência, afixando-as na porta da igreja do castelo de Wittenberg.



1518 - Disputa de Heidelberg.


Defesa diante do Cardeal Caetano em Augsburg nos dias 12-14 de outubro.


Apelo pela realização de um Concílio no dia 28 de novembro.



1519 - Entrevista de Lutero com o emissário papal Carlos von Miltiz.


Disputa em Leipzig de Karlstadt e Lutero com Dr. João Eck. Lutero afirma que também concílios podem errar e que única autoridade reconhecida por ele é a Sagrada Escritura.



1520 - Publicação de escritos importantes para a Reforma:

“Sermão sobre as boas obras”, “Da liberdade cristã”, “Do cativeiro babilônico da Igreja” e “À nobreza cristã da Nação Alemã, acerca do melhoramento do estamento cristão”.


No dia 10 de outubro Lutero recebe a bula papal “Exsurge Domine” na qual é intimado com a excomunhão caso não se retratasse no prazo de 60 dias.


No dia 10 de dezembro Lutero queima em frente as portas da cidade um exemplar da bula e livros do Direito Canônico diante de professores e alunos da Universidade de Wittenberg.



1521 - O Papa Leão X emite a bula de excomunhão de Lutero no dia 3 de janeiro.


Lutero comparece nos dias 17 e 18 de abril à Dieta de Worms e se defende perante o Imperador Carlos V e os Estados do Império. Ao deixar Worms no dia 26 acaba sendo raptado a mando de Frederico, o Sábio e fica refugiado no Castelo de Wartburg com o codinome de “cavalheiro Jorge”.

 

No dia 26 de maio é publicado o Edito de Worms que proíbe a divulgação e o ensino da doutrina de Lutero. Estava proscrito. No castelo começa a tradução do Novo Testamento para o alemão.



1522 - Diante de graves distúrbios em Wittenberg, Lutero sai do refúgio e abafa nos dias 9 a 16 de março o movimento de entusiastas fanáticos.


Impressão do Novo Testamento em alemão em setembro.



1523 - Introdução de uma nova ordem na comunidade cristã.


1525 - Guerra dos Camponeses e Lutero escreve: “Exortação à paz, a propósito dos doze artigos dos camponeses da Suábia”, “Contra os camponeses homicidas e salteadores”. Estabelece um debate com Erasmo de Rotterdam no escrito “De servo arbitrio”.


Casamento de Martim Lutero com Catarina von Bora no dia 13 de junho.



1526 - Origem das igrejas territoriais e a introdução de uma nova ordem de culto, celebrado em língua alemã.



1529 - Martim Lutero publica o Catecismo Maior e o Catecismo Menor.


Os príncipes do norte e de quatorze cidades do sul da Alemanha protestam contra as decisões da Dieta de Espira para impedir o avanço da Reforma. Surge a expressão “protestante”.



Nos dias 1 a 4 de outubro acontece em Marburgo o diálogo entre Lutero e Zwínglio. Há concordância em todos os aspectos da doutrina evangélica com excessão da Santa Ceia.



1530 - Lutero permanece proscrito e abrigado no Castelo Coburgo entre 16 de abril e 4 de outubro, enquanto seus amigos apresentam ao Imperador Carlos V, em nome dos evangélicos, a confissão da reforma. Redigida por Felipe Melanchton e lida no dia 25 de junho, a “Confissão de Augsburgo”, como ficou conhecida, tornou-se documento-base das igrejas luteranas no mundo.



1534 - Lutero publica a primeira tradução completa da Bíblia em língua alemã.



1537 - Lutero escreve os “Artigos de Esmalcalda” com o resumo dos principais pontos da doutrina cristã.



1539 - Publicação do primeiro volume de seus escritos alemães e do escrito “Dos Concílios e da Igreja”.



1546 - Morte de Martim Lutero em Eisleben no dia 18 de fevereiro.



AÇÃO CONJUNTA
+
tema
vai_vem
pami
fe pecc

A fé exalta a pessoa e transporta-a para junto de Deus, de tal modo que Deus e o coração humano tornam-se uma só realidade.
Martim Lutero
REDE DE RECURSOS
+
Importa, acima de tudo, que homem e mulher convivam em amor e concórdia, para que um queira ao outro de coração e com fidelidade integral.
Martim Lutero
© Copyright 2017 - Todos os Direitos Reservados - IECLB - Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil - Portal Luteranos - www.luteranos.com.br